A FACOL teve a sua origem no Sistema Educacional Radar, estabelecimento educacional fundado em 05 de dezembro de 1983.

No dia 08 de maio de 1999, foi constituída a Associação Vitoriense de Educação Ciência e Cultura- AVEC com a finalidade de implantar uma faculdade. Os fundadores da AVEC Paulo Roberto Leite de Arruda e José Neildo David dos Santos, com os objetivos definidos, estabelecem, então, as bases pedagógicas necessárias para o funcionamento de uma instituição de ensino superior. Para a idealização, faltava apenas a escolha do nome. Decidiu-se por FACULDADE ESCRITOR OSMAN DA COSTA LINS para homenagear aquele vitoriense que é considerado o renovador da ficção brasileira: OSMAN LINS.

Em 28 de março de 2001, através da Portaria do MEC n° 644/2001, recebem autorização para funcionamento da Instituição, sem se descuidar do compromisso com o rigor e a excelência. Esta preocupação em oferecer ensino de qualidade se faz refletir no Regimento e demais normas administrativas da Instituição e, consequentemente, nas avaliações feitas pelo MEC.

Em junho de 2001, quando iniciou suas atividades, a Faculdade oferecia apenas os cursos de Turismo e Administração, com suas formações específicas em Administração Geral e Mercadológica. Hoje, a Instituição oferece os cursos de   Graduação em Administração(Bacharelado), Ciências Contábeis(Bacharelado), Direito(Bacharelado), Educação Física(Bacharelado), Enfermagem(Bacharelado), Engenharia Civil (Bacharelado), Fisioterapia(Bacharelado), Marketing, Pedagogia(Licenciatura), Sistemas de Informação(Bacharelado),Turismo (Bacharelado), Banco de Dados, Design de Moda, Estética e Cosmética, Gastronomia, Gestão Ambiental, Gestão da Produção Industrial, Gestão de Negócios Imobiliários, Gestão de Rádio e TV, Gestão de Segurança do Trabalho, Gestão Hospitalar, Logística e Redes de Computadores.

Além dos cursos de graduação, a Pós-graduação lato sensu também já faz parte do planejamento acadêmico da Instituição. Com seus diversos cursos, tem propiciado qualificação profissional aos graduados egressos de seus cursos e de outras Instituições congêneres, e se faz presente também nos municípios em seu entorno.

A FACOL busca a construção de uma Faculdade moderna, apresentando um serviço diferenciado com resultados que assegurem seu crescimento, garantindo a excelência dos serviços para seus usuários e o reflexo positivo para a região.

A elaboração e execução de um planejamento interdisciplinar, integrando o ensino, a pesquisa e a extensão, contribuem para a valorização da relação comunidade e instituição, através da produção artístico-cultural, da ampliação do conhecimento científico e da transferência de tecnologia, possibilitando a formação da consciência da cidadania. Ainda com o objetivo de integrar escola/comunidade, a FACOL tem desenvolvido atividades esportivas, culturais e pedagógicas que abrigam, além da comunidade acadêmica, a comunidade local e os egressos.

As ações da FACOL têm sido pautadas em modelo de gestão baseado nos critérios do Prêmio Nacional da Qualidade – PNQ, seguindo os critérios de excelência, buscando a melhoria contínua de seus processos, a inovação e a valorização de seus colaboradores.

Um grande diferencial da Faculdade é a forma de atuação da Comissão Própria de Avaliação – CPA, que tem como objetivo promover um processo permanente de acompanhamento da vida acadêmica, através da autoavaliação, o que supõe a análise simultânea das suas diversas esferas de atuação: ensino, pesquisa, extensão e gestão em todas as instâncias da Faculdade, bem como a valorização da participação da comunidade nas decisões sobre a avaliação.

A natureza democrática e participativa da avaliação definida pela Faculdade, com a participação de toda a comunidade, busca garantir caráter de confiabilidade às sugestões e propostas encaminhadas, tanto na definição dos princípios e dos objetivos, como na definição dos aspectos (variáveis e indicadores) a serem objeto de avaliação. Tal prática visa garantir à sociedade maior transparência no cumprimento de sua missão, bem como a oferecer à comunidade interna subsídios no processo de reflexão e de transformação de seu próprio projeto acadêmico institucional.