O professor Isaías da Silva, do curso de Pedagogia da FACOL – Faculdade Osman Lins, conquistou a primeira colocação do 11º Prêmio Professores do Brasil, na categoria dos anos iniciais quarto e quinto anos do Ensino Fundamental. A cerimônia de entrega dos troféus aconteceu nesta quinta-feira, 29, no Rio de Janeiro, com a presença do ministro da Educação substituto, Henrique Sartori.

Iniciativa do Ministério da Educação, o Professores do Brasil é a maior premiação voltada à educação básica no país e tem por objetivo reconhecer, divulgar e estimular trabalhos e práticas inovadoras e bem exitosas de profissionais de escolas públicas que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem dentro das salas de aula.

Os vencedores nacionais representam as melhores práticas educacionais escolhidas dentre os 30 vencedores regionais, sendo um por categoria. O projeto desenvolvido pelo professor Isaías da Silva foi o “Cadê os Indígenas nos Livros Didáticos? Têm Indígenas em Pernambuco?”, realizado na Escola Multisseriada Santa Terezinha do Menino Jesus, localizada na comunidade de Chã de Serraria, área rural de Vitória de Santo Antão. Durante 15 dias, no mês de abril, alunos do 4º e 5º ano, que formam uma única turma, participaram de uma série de atividades propostas pelo professor, com o intuito de desmistificar a visão sobre os povos indígenas.

No total, 4.040 professores da educação básica da rede pública de todo o país haviam se inscrito para concorrer ao Professores do Brasil. “Eu represento esses professores e professoras que diariamente vão para as zonas rurais. Lugar que foi inferiorizado, lugar do não conhecimento. Nós estamos comprovando aqui, de forma nacional, que nós lá nos territórios inferiores produzimos sim conhecimento e conhecimento de qualidade e referenciado em nossos alunos”, enfatizou o professor o professor Isaías da Silva. “Esse prêmio deposita a esperança freiriana em nós professores e professoras que podemos mais, de forma coletiva, acreditando sempre no potencial de todos. Juntos sempre seremos mais”, concluiu.

“Estamos muito felizes por Isaías e por todos os seus alunos que fizeram parte desse projeto vencedor. Esse prêmio reconhece o empenho, a dedicação, a competência, o profissionalismo e a paixão com que Isaías realiza suas atividades como professor, apesar de todas as dificuldades que são impostas à Educação Básica no país. Parabenizo por mais essa conquista em sua trajetória, expressando a alegria de tê-lo como docente do curso de Pedagogia, partilhando conosco suas experiências e engrandecendo nossa equipe”, destacou Cristiano Dornelas, coordenador do curso de Pedagogia da FACOL.

 

Fotos: André Nery/MEC